Segurança hoteleira: Mantenha a rede do seu hotel livre de ataques

Quando falamos em segurança e rede para hotéis, precisamos entender que, diferentemente de outras empresas,  a oferta de internet rápida e segura compõe o cardápio de diferencial competitivo para o setor. 

Diariamente, hotéis e pousadas recebem seus hóspedes no intuito de oferecer-lhes experiências únicas. Pensando na rede de internet, estes hóspedes devem ser vistos como  visitantes! 

Não por acaso, a qualidade e segurança do wifi é o quesito mais avaliado por hóspedes na internet. 

Pois então,  com isso em mente, um dos pontos principais para um hotel garantir segurança de sua rede de internet, será trabalhar com mais de uma rede, sendo uma para o administrativo, onde serão feitos acessos como o do sistema de gestão hoteleira(PMS) e motor de reservas, separando uma apenas para os hóspedes.

Eu sei, muitos hotéis cometem o erro de usar uma única rede, compartilhando inclusive a mesma senha. Se esse é o caso do seu hotel, cuidado! 

Depois dessa separação, para cada tipo de rede serão necessários cuidados específicos.

Rede administrativa

Na rede administrativa diversos acessos importantes são realizados, como  os feitos aos  sistemas hoteleiros, de motores, sites de banco, intranet de OTAs, entre outros. Eles contêm informações importantes e, caso haja um acesso malicioso, poderiam causar prejuízos ao hotel. 

Um gerenciamento de rede administrativa deverá passar por um bom firewall  com gestão de máquinas e acessos e possivelmente bloqueio de domínios em algumas áreas mais sensíveis, como recepção e governança. 

Rede de hóspede

Já na rede de hóspedes os cuidados são um pouco diferentes. Com a Lei do Marco Civil e também agora LGPD, o fornecimento de internet do hotel para o hóspede passa por uma via de mão dupla, onde o hotel precisa garantir a privacidade do hóspede, mas ao mesmo tempo ter registros que possam ser acessados mediante investigação. 

O hotel pode, inclusive, ser responsabilizado por um hóspede que acesse conteúdos ilícitos em sua rede, caso não consiga comprovar a origem do acesso. 

Uma rede protegida por uma senha única não está mais de acordo com a legislação, sendo importante o hotel trabalhar com autenticação de quem tem acesso ao seu WiFi. 

Por isso, recomendamos que o seu hotel busque empresas que trabalham com software de gerenciamento de internet, tanto para rede de hóspedes como para a rede administrativa. 

De acordo com Natalia Secioso, da WebSpot, empresa especializada em software de wifi marketing,  um gerenciador hoteleiro  irá garantir  mais segurança como também qualidade no serviço oferecido pelo seu hotel aos hóspedes. 

Secioso explica que, integrado com o sistema hoteleiro, o gerenciamento cria automaticamente uma conta individual para cada hóspede, para que o mesmo possa acessar a internet apenas quando autenticar seu UH, em conformidade com a Lei do Marco Civil

Já para a rede administrativa, o hoteleiro encontrará todos os recursos necessários, como firewall, gestão de máquinas, bloqueios de site, separação de redes, cadastro de dispositivos e monitoramento de acesso.

Lembre-se que a segurança dos dados do seu hotel é o bem mais importante e está diretamente relacionada à boa avaliação do seu hotel. Por isso, você deve contar com fornecedores de tecnologia que consigam entregar segurança, backup e atendimento a qualquer dia.

Então, agora que você já sabe o quanto é importante e os principais cuidados para garantir a segurança de rede do seu hotel, é hora de colocar a mão na massa! 

Quer receber uma consultoria gratuita sobre segurança hoteleira?
Preencha aqui e solicite agora mesmo!




    Jornalista e produtor de conteúdo especializado em tecnologia hoteleira

    Deixe uma resposta:

    Seu endereço de e-mail não será publicado.

    Sliding Sidebar

    Curta nosso Facebook

    Facebook Pagelike Widget
    Receba nossa Newsletter
    Fique por dentro das novidades do mercado hoteleiro!